Poema: Notturno – por Tin Ujević

Kristina Bodrožić-BrnićLiteratura1 Comment

Tin Ujević (AugistinUjević ; Vrgorac, 5 de julho de 1891 — Zagreb, 12 de novembro de 1955) foi um poeta croata. Ujević foi uma das mais importantes figuras da literatura croata moderna do início do século XX. O poeta apoiou a criação da Yugoslavia como homem jovem mas pegou depois um cargo oficial dentro do Estado Independente da Croácia (1941-1945). Embaixo um dos seus poemas conhecidos, traduzido para português.

___

NOTTURNO

 

Noćas se moje čelo žari,

noćas se moje vjeđe pote;

i moje misli san ozari,

umrijet ću noćas od ljepote.

 

Duša je strašna u dubini,

ona je zublja u dnu noći;

plačimo, plačimo u tišini,

umrimo, umrimo u samoći.

___

Tradução

NOTURNO

 

Nesta noite a minha testa queima,

Nesta noite minhas pálpebras ficam pesadas,

E meus pensamentos iluminam o meu sonho,

Vou morrer de beleza nesta noite.

 

A alma fica estranha em suas profundidades,

Ela é uma tocha no chão da noite;

Choramos, choramos no silêncio,

Morremos, morremos em solidão.

 

One Comment on ““Poema: Notturno – por Tin Ujević”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *